Notícias

Evangelizado por brasileiro, jogador da seleção francesa revela que seria abortado

Na vida de grandes astros do esporte se escondem histórias de superação, fé e determinação que muitas vezes passam despercebidas ou caem no esquecimento. Mas com Blaise Matuidi, jogador da seleção francesa de futebol, essa realidade tem sido bem diferente, porque ele fez questão de trazer isso à tona em um vídeo publicado há cerca de um mês.

Considerado um dos grandes nomes da seleção francesa, a gravação vem chamando atenção nas redes sociais porque Matuidi declara a sua fé em Cristo e encoraja outras pessoas a fazerem o mesmo.

“Agradeço a Deus todos os dias pelos seus dons”, disse ele. “Gostaria de aproveitar a oportunidade para encorajá-lo a viver a sua fé, testemunhar da alegria de ser cristão, ir atrás de seus sonhos e tornar o mundo melhor”.

Matuidi se converteu em 2011, e quem revelou como isso aconteceu foi o seu pai durante uma entrevista para o documentário “Jesus Football Club”. Na época, o atleta jogava pelo PSG e mantinha contato com os brasileiros Ceará, Maxwell, Nenê e Alex, que são evangélicos.

Além de jogador, Ceará também é pastor evangélico. Matuidi foi convidado pelo grupo para uma reunião de estudo bíblico e lá aceitou a Cristo, sendo posteriormente discipulado e batizado por Ceará.

O pai de Matuidi também revelou em uma entrevista divulgada pelo canal ESPN que o filho, hoje campeão do mundo pela França, seria abortado. “Com minha esposa, nós tínhamos um pacto: nos limitamos a quatro crianças (risos)! Então esta quinta criança (Blaise) chegou”, disse Faria Rivelino Matuidi, pai do atleta.

O que impediu o assassinato do próprio filho, no entanto, foi justamente a fé em Deus que a mãe do jogador já possuía. “Nós então conversamos com um médico (para abortar). Mas, no final, nós o mantivemos, porque minha mulher é uma pessoa muito crente”, disse Faria.

“Ela me disse: ‘Da próxima vez, eu tomarei meus cuidados, mas o que é dado para nós (por Deus), mantemos’”, disse ele.

por Will R. Filho

Show More

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close