Notícias

Oficina G3 lança música nova: “Tudo é Vaidade”

A banda Oficina G3 apresentou o novo single, “Tudo é Vaidade”, e também o clipe oficial da música, em sua página no Facebook.

Gravado ao vivo durante a turnê #DNAG3 nas cidades de Curitiba e Maringá, em julho e agosto deste ano, o clipe foi dirigido por Jr. Finnis. “Agradecemos a todos que participaram de forma direta ou indireta para que esse vídeo fosse feito! Aos pastores e toda galera da Terceira Igreja do Evangelho Quadrangular (Curitiba), aos responsáveis pelo Teatro Calil Haddad (Maringá), ao Carlos Rossy pela ajuda sem igual no som (Curitiba) e de uma forma geral e especial, a VOCÊ, nosso amigo, fã, colaborador e intercessor, que até aqui nos ajudou e nos ajuda a permanecermos em PÉ!”, comentaram os músicos.

A música “Tudo é Vaidade” é o carro-chefe do novo Extended Play (EP) que a banda lançará ainda este ano. “Muitas novidades estão por vir, não deixe de acompanhar nossas mídias!”, conclui a nota.

Como o single não foi apresentado nas mídias da MK Music, há a possibilidade de que todo o material seja lançado de maneira independente. Essa seria a primeira vez na carreira do Oficina G3 que um registro da banda é distribuído sem o suporte de uma gravadora.

A banda, que iniciou a carreira formalmente em 1990, lançou seus quatro primeiros discos, “Ao Vivo”, “Nada é Tão Novo, Nada é Tão Velho”, “Indiferença”, “Acústico” e “Acústico Ao Vivo” pela extinta gravadora Gospel Records, empresa ligada à Igreja Renascer em Cristo.

Em 1999, logo após o lançamento do “Acústico Ao Vivo”, o Oficina G3 assinou contrato com a MK Music, por onde lançou os álbuns “O Tempo”, “Humanos”, “Além do Que os Olhos Podem Ver”, “Elektracustica”, “Depois da Guerra” e “Histórias e Bicicletas – Reflexões, Encontros e Esperança”, além de uma série de coletâneas.

No site da MK Music, a banda continuava listada como parte do cast de artistas da gravadora, porém, ontem, dia 03, a banda anunciou via Facebook que não faz mais parte da gravadora após 17 anos de parceria.

Show More

Related Articles

One Comment

  1. Vaidade costuma ter preço altíssimo. Um dia, 25 anos atrás, eu querendo trocar o meu carro ofereci um terreno hoje avaliado em R$400 mil e mais o meu carro na troca por um mesmo zero 5 anos mais novo. Deus não deixou. 3 anos atrás vendi o mesmo carro por um preço que seria o mesmo se fosse o outro trocado. Moral da história: veio a valorização imobiliária e eu teria assim queimado um patrimônio de R$400 mil. “Violentíssimo” o salário do pecado…:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close